Sobre

Cobertura eleitoral pela voz dos cidadãos moçambicanos

Com o advento da era digital e o acesso cada vez mais disseminado às redes móveis de telecomunicação por todo o território moçambicano, qualquer cidadão pode assumir o papel de observador independente das eleições autárquicas de 20 de Novembro de 2013. Estas representam uma oportunidade – e um desafio – sem precedentes para os observadores e os média.

A proposta lançada pelo Jornal @Verdade é aumentar o nível de transparência ao longo do processo eleitoral, à medida que este se desenrola em todos os 53 municípios do país. Em resposta ao desafio, @Verdade está a ampliar e fortalecer a sua rede de repórteres cidadãos que usam telemóveis para enviar relatos espontâneos daquilo que observam durante o processo eleitoral.

Chamada à participação

Chamada à participação

Estes relatos estão a ser publicados desde o início do período de recenseamento (25 de Maio) em tempo real na página online de cobertura especial das Autárquicas 2013 – “Recenseamento ao Minuto” – bem como na edição semanal impressa, ficando assim disponíveis para escrutínio público. A cobertura das vozes da cidadania está a ser feita pelo Jornal @Verdade em parceria com o Centro de Integridade Pública. A rede de parceiros será alargada durante o processo eleitoral, integrando em breve o Observatório Eleitoral e outros meios de comunicação nacionais e internacionais.

Todos os cidadãos são convidados a participar nesta inovadora rede de cobertura, enviando os seus relatos por SMS (mcel: 821111; qualquer rede: 843998634; WhatsAPP: 843 998 634; BBM: 2A8BBEFA), email ([email protected]), Twitter (@democraciaMZ ou #Autarquicas2013) e Facebook.

A plataforma digital que permite agregar, verificar e publicar relatos cidadãos em tempo real, “Citizen Desk”, foi vencedora do African News Innovation Challenge em Novembro de 2012 e está a ser desenvolvida pela Sourcefabric – uma organização sem fins lucrativos que desenvolve soluções de software open source para jornalismo.

Com o objectivo de facilitar a cobertura de todo o território moçambicano e de proporcionar um maior alcance dos relatos recolhidos, @Verdade disponibiliza a informação para reutilização qualquer meio de comunicação desde que mencionada a fonte.

Deixar uma resposta